Velhices, Memória e Ressentimentos
e outros ensaios sócioafetivos
Categorias
Ciências Humanas E Sociais, Desenvolvimento Humano, Antropologia, Filosofia E Aspectos Sociais
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1039 vezes desde 01/07/2016
Versão
impressa
R$ 29,85
Valor total:
R$ 29,85
Versão
ebook
R$ 11,84
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 29,85
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

A noção de amor sempre esteve presente na história da civilização. A música, a literatura, a pintura, a escultura, o cinema, a televisão entre outros, têm assinalado a questão do amor sob diversos ângulos e modos de apresentação. Tendo por base o texto O Banquete, no primeiro ensaio que apresento “Do eros platônico e do eros moderno – uma perspectiva simmeliana”, apresento e analiso, sem intenção de esgotar o assunto, a construção social da noção de eros platônico em espaço de lazer, tendo como elemento discursivo e de sociação, o diálogo; bem como, traço semelhanças e diferenças entre o eros platônico e o eros moderno, numa perspectiva simmeliana.

Envelhecimento e Velhices, Perda e Solidão, Espaço e Memória, bem como, Memória e Ressentimentos, são categorias trabalhadas, numa abordagem da sócioantropologia dos afetos, no segundo ensaio intitulado “Velhices, memória e ressentimentos – notas sócioafetivas a partir do filme ‘Morangos Silvestres’”.

Qual a configuração social e política onde nasceu o gênio da música universal? Que elementos contribuíram para a formação prodigiosa de Mozart e sua inserção no mundo da música? Em que sentido a genialidade de Mozart o levou a sentir-se e a viver como um outsider na sociedade de corte do século XIX? Que elementos psicológicos – um tanto obscuros para a época – podem ser pinçados e interpretados do músico prodígio, são algumas questões que nortearão a tessitura do terceiro ensaio “Mozart: a condição sóciopsicológica de um gênio na configuração de uma sociedade em transformação”. Para tanto, recorri aos textos do sociólogo Norbert Elias e do historiador e biógrafo Peter Gay, como principais; além do conteúdo fílmico utilizado como recurso auxiliar para ilustração da proposta.

Tantas leituras e análises podem ser feitas das categorias aqui trabalhadas, como ensaio-tessitura, não se pretende conclusivo. Sem nós que nos sufoquem, apenas laços que nos envolvam suavemente e que nos deixem livres para outras leituras.

Características
Número de páginas 105
Edição 1 (2016)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Comentários
1 comentários
Samuel Marini - ArteSam
Domingo | 10.07.2016 às 00h07
Olá Gabriel, tudo bem? Faço serviço de conversão epub, solicitação de ISBN, providência de ficha catalográfica, revisão, book trailer, e outros.. Caso tenha interesse, fale comigo. Meu site - www.artesam.com - e-mail: [email protected] - página no facebook: www.facebook.com/artesambr