Vida Escreve Vida
Crônicas baseadas em contradições de uma Vida
Categorias
Motivacional, Depressão, Afirmações, Religião, Biografia e Testemunho, Autoajuda
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1035 vezes desde 03/11/2017
Versão
impressa
R$ 31,07
Valor total:
R$ 31,07
Versão
ebook
R$ 17,22
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 31,07
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Este livro traz diversas crônicas baseadas em situações vivências e presenciadas de uma maneira emocionante, criativa, contraditória e com um toque de ousadia e humor que nos levam a repensar valores, tabus e pré conceitos ao qual a sociedade nos leva a ter.

Praticamente todas as crônicas desta obra foram escritas durante as madrugadas em que o silêncio trazia um barulho ensurdecedor a alma da autora, uma vez que ela o tenha escrito em apenas 2 meses trazendo a tona suas mais aleatórias memórias que a fizeram se emocionar, sorrir, chorar e até reviver momentos marcantes de sua história.

Características
Número de páginas 50
Edição 1 (2017)
Formato Pocket (105x148)
Acabamento Brochura s/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Vida Erin Zurich

Vida Erin Zurich, é escritora por essência, formada em direito e portadora da Sindrome de Asperger. Escreve crônicas e começou a publicá-las na internet e vendê-las para editores de jornais. Gosta de jogos de RPG e jogos de Simulação no estilo The Sims e Sim City. É apaixonada por batatas e café preto, as cores preferidas são vermelho e Laranja, não gosta de acordar cedo e a noite é sua vibe.

Prefere o frio e as tempestades, não gosta de sair de casa e ama água. Apaixonada pelo Rio Grande do Sul, terra do bom chimarrão. Descobriu a habilidade para o desenho quase na vida adulta e também o gosto por origamis.

Atualmente vive com sua mãe Michelle, que não a gerou no ventre, mas no coração. Embora isso não faça a menor diferença, já que são parecidas em traços e jeitos.

Alguns a chamam de Vida, outros de Carioquinha e outros de Ruiva, mas quem a conhece do fundo da alma, a chama de Kukuki e bebê (sua mãe).

Vidinha só entra no mar calçando tênis e não entra na piscina sem meias, morre de medo de sapo, mas não se importa de comer peixe, ainda que esteja semi-vivo, rssss.

Tem memória fotográfica e decora todos os números e datas que vê, além de placas de carros ou falas das novelas e filmes. “Ela calça 31/32 e sua altura é versão de bolso”, apenas 1,46m de altura.

All’ star e crocs são seus calçados mais usados, além de macacões e camisas de super-herói. O Hulk é o favorito dela, porque ela o acha imortal.

Conhece diversos países do mundo, adora carimbos de passaporte e aprender sobre moedas locais. Já morou em SP, RJ, MG, PR e SC. O lugar que ela mais ama é Caxias do Sul, no RS.

Para ela, o pedacinho do céu é uma boa tempestade com raios e trovoadas, desde que ela esteja dentro de casa observando pela janela. A sensação da adrenalina causada pelo medo a faz gargalhar de nervosa, o que é muito engraçado.

“Já vivi uma história que não era minha por alguns anos da minha vida, agora chegou a hora de viver minha própria história, que cá entre nós, é mais interessante que qualquer outra história por aí. Quem me fez mal tem mais lágrimas a derramar pelo meu desprezo do que eu jamais terei lágrimas a derramar pela sua maldade, que nunca se vingará em minha vida. ” ----- Vidinha Erin

“E que seja perdoada suas loucuras, pois metade dela é amor, e a outra metade também. "

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 30,70
Ebook
R$ 15,06
Impresso
R$ 27,46
Ebook
R$ 12,90
Comentários
0 comentários