70 Anos a Desenvolver Gravitas

A Transpiração da Seriedade

Por Professor Doutor Fernando Antonio Dal Piero

Código do livro: 683006

Categorias

Liderança, Inspiração E Crescimento Pessoal, Educação Não Formal, Não Ficção, Desenvolvimento Humano, Corpo, Mente E Espírito

Compartilhe este livro
Esta página foi vista 116 vezes desde 29/05/2024
Versão
impressa
R$ 107,89
Coloração
Valor total:
R$ 107,89
Versão
ebook
R$ 77,86
Leia em Pensática
Valor total:
R$ 107,89
Este ebook também pode estar à venda na:

Sinopse

A escrita de um livro sobre "70 anos a Desenvolver Gravitas" é uma jornada para explorar e documentar a evolução de uma qualidade essencial que transcende as barreiras do tempo, influenciando profundamente tanto a vida pessoal quanto a profissional.

Gravitas é uma virtude que combina dignidade, seriedade, influência, peso e presença, originada da Roma Antiga e aperfeiçoada ao longo dos séculos.

A primeira edição do livro "Desenvolver Gravitas", publicada em 1987, foi escrita por necessidade. No meu mundo – o mundo da Fundação Universitária para a pesquisa, a investigação científica, a tecnologia e as startups – a atenção muitas vezes significa a diferença entre o sucesso e o fracasso.

Uma fundação universitária de pesquisas precisa chamar a atenção de investidores ocupados. Pessoas investidoras de Capital, Indústrias, CEO’s e muita gente precisam atrair a atenção do sociedade e seus sistemas de comunicação para divulgar seus produtos, captar financiamentos, cativar seus usuários por tempo suficiente para motivá-los investir continuadamente e a voltar.

Neste sentido atrair e manter pesquisadoras ativas em pesquisas, tecnologia e startups é ação fundamental para dirigentes de IE, Banco de patentes e organizações representadas por Instituições com ou sem fins lucrativos.

É preciso captar a atenção de potenciais afiliados, (pesquisadores –as -) e mantê-los engajados assim que ingressarem na equipe. Sem atenção, até mesmo uma Nome influente e conhecido ou uma grande pesquisa com um produto atraente morrerá. Atenção é o combustível que impulsiona grandes empresas, causas e ideias.

Como pesquisador, professor e presidente de uma Fundação e uma organização sem fins lucrativos que investe em pesquisa científica, tecnologia e startups em estágio inicial, homens e mulheres  empreendedores  me procuram há 40 anos para ajudá-los a lançar suas pesquisas e convertê-las em negócios.

Então, desde logo, percebi que o que essas pesquisas  representadas por seus criadores e criadoras  realmente queriam era uma pessoa que combinasse a vivência, a dignidade, a seriedade, a influência, o peso e a presença, uma pessoa para em lidar com a imprensa, desenvolver campanhas de marketing, transformar os resultados de amplas pesquisas científicas em desejos de construir produtos virais, aperfeiçoar a aquisição de clientes e conectar-se com o Mercado. Em outras palavras, eles vinham até nós em busca de ajuda para chamar a atenção.

Foi então que realmente fiquei profundamente interessado em gravitas e na mecânica da atenção e em como capturá-la.

Eu queria saber: por que nós, como sociedade, somos cativados por produtos como o iPhone ou o Facebook, mas não estamos nem aí para o MySpace?

Por que alguns músicos se transformam em Beyoncé enquanto outros nunca veem a luz do dia?

1. Por que algumas organizações sem fins lucrativos, (Listadas a seguir) como a National Institutes of Health (NIH):

• O NIH é um dos maiores financiadores públicos de pesquisa em saúde, com uma vasta rede de parcerias com empresas privadas e organizações de pesquisa. Eles são conhecidos por seu papel crucial na aceleração de descobertas científicas e na transferência de tecnologia para a indústria (BioMed Central).

2. Wellcome Trust:

• Esta fundação filantrópica britânica é um dos principais financiadores de pesquisas biomédicas e científicas. O Wellcome Trust se destaca por sua capacidade de atrair investimentos privados e colaborar com empresas para transformar inovações em produtos viáveis no mercado (BioMed Central).

3. Howard Hughes Medical Institute (HHMI):

• O HHMI é uma organização de pesquisa biomédica que também financia cientistas em várias instituições. Eles têm um forte histórico de patentes e comercialização de descobertas científicas, trabalhando em estreita colaboração com o setor privado para desenvolver novas tecnologias e tratamentos (BioMed Central).

4. World Bank Group:

• Embora amplamente conhecido por seu papel no desenvolvimento econômico global, o Banco Mundial também promove colaborações significativas entre o setor público e privado. Através de parcerias e fundos fiduciários, eles apoiam a pesquisa aplicada e a inovação em várias áreas, incluindo saúde, agricultura e energia (World Bank).

5. América do Norte: Connected Minds (Canadá)

• Baseada nas Universidades de York e Queen's, no Canadá, a Connected Minds é apoiada pelo Canada First Research Excellence Fund. A fundação foca na integração de tecnologias inteligentes com sistemas sociais, promovendo justiça social e saúde através de pesquisas interdisciplinares. Eles trabalham com mais de 50 organizações parceiras para desenvolver tecnologias socialmente responsáveis e têm um forte compromisso com comunidades indígenas e outros grupos de equidade.

• Connected Minds

6. Oceania: Endeavour Fund (Nova Zelândia)

• O Endeavour Fund, gerido pelo Ministério de Negócios, Inovação e Emprego da Nova Zelândia, financia projetos de pesquisa que prometem benefícios econômicos, ambientais e sociais significativos. O fundo apoia projetos inovadores em diversas áreas, desde a ciência até a tecnologia, e é reconhecido por seu sucesso em captar recursos e promover parcerias entre o setor público e privado.

• Endeavour Fund

7. Ásia: RIKEN (Japão)

• RIKEN é uma grande instituição de pesquisa no Japão, conhecida por suas contribuições inovadoras em ciências naturais e engenharia. Eles têm um histórico de sucesso em patentes e colaborações com indústrias para transformar descobertas científicas em aplicações comerciais. RIKEN abrange uma ampla gama de disciplinas, incluindo biotecnologia, nanotecnologia e inteligência artificial.

8. Europa: Fraunhofer-Gesellschaft (Alemanha)

• A Fraunhofer-Gesellschaft é uma das principais organizações de pesquisa aplicada na Europa, conhecida por seu trabalho em engenharia e tecnologia. Com mais de 70 institutos na Alemanha, eles colaboram com empresas para desenvolver inovações que são frequentemente patenteadas. A Fraunhofer é instrumental em transformar pesquisa em produtos e serviços de mercado, especialmente nas áreas de saúde, energia e tecnologia da informação.

9. América do Norte: Connected Minds (Canadá)

• Baseada nas Universidades de York e Queen's, no Canadá, a Connected Minds é apoiada pelo Canada First Research Excellence Fund. A fundação foca na integração de tecnologias inteligentes com sistemas sociais, promovendo justiça social e saúde através de pesquisas interdisciplinares. Eles trabalham com mais de 50 organizações parceiras para desenvolver tecnologias socialmente responsáveis e têm um forte compromisso com comunidades indígenas e outros grupos de equidade.

• Connected Minds

10. Oceania: Endeavour Fund (Nova Zelândia)

• O Endeavour Fund, gerido pelo Ministério de Negócios, Inovação e Emprego da Nova Zelândia, financia projetos de pesquisa que prometem benefícios econômicos, ambientais e sociais significativos. O fundo apoia projetos inovadores em diversas áreas, desde a ciência até a tecnologia, e é reconhecido por seu sucesso em captar recursos e promover parcerias entre o setor público e privado.

• Endeavour Fund

11. Ásia: RIKEN (Japão)

• RIKEN é uma grande instituição de pesquisa no Japão, conhecida por suas contribuições inovadoras em ciências naturais e engenharia. Eles têm um histórico de sucesso em patentes e colaborações com indústrias para transformar descobertas científicas em aplicações comerciais. RIKEN abrange uma ampla gama de disciplinas, incluindo biotecnologia, nanotecnologia e inteligência artificial.

12. Europa: Fraunhofer-Gesellschaft (Alemanha)

• A Fraunhofer-Gesellschaft é uma das principais organizações de pesquisa aplicada na Europa, conhecida por seu trabalho em engenharia e tecnologia. Com mais de 70 institutos na Alemanha, eles colaboram com empresas para desenvolver inovações que são frequentemente patenteadas. A Fraunhofer é instrumental em transformar pesquisa em produtos e serviços de mercado, especialmente nas áreas de saúde, energia e tecnologia da informação.

Percebi que os nomes de fundações listados não apenas avançam a pesquisa científica, mas também desempenham um papel crucial na transferência de tecnologia e na promoção de colaborações entre o setor acadêmico e a indústria, garantindo que inovações científicas se transformem em benefícios tangíveis para a sociedade.

Todo o êxito dessas fundações está relacionado com a capacidade de criar e manter a atenção - é a atenção que transforma um ótimo produto ou ideia em algo que muda o mundo. Transforma um grupo talentoso de músicos nos Beatles. Mas a atenção: aprendi que a chama do êxito não cai simplesmente no seu colo; você tem que acendê-la em seu público e adicionar o combustível certo para transformá-la em uma fogueira.

Em suma, você, eu e toda a gente precisamos acender e desenvolver gravitas.

O gravitas é essencial para facilitar entender como capturar e manter a atenção.

Este livro busca ensinar exatamente isso, fornecendo insights e estratégias para construir uma presença marcante e duradoura em qualquer área da vida.

Portanto, a decisão de escrever este livro é motivada pela crença de que gravita é uma qualidade acessível a todos, independentemente da idade ou posição na vida.

Apesar da crença de que gravita é uma qualidade acessível a todos, independentemente da idade ou posição na vida, há vários motivos pelos quais nem todas as pessoas conseguem desenvolver ou manifestar essa característica de maneira efetiva.

1. Falta de Autoconhecimento

Gravitas exige um profundo nível de autoconhecimento. Muitas pessoas não investem o tempo necessário para se entenderem plenamente, reconhecerem seus pontos fortes e fracos, e desenvolverem uma consciência crítica sobre suas próprias ações e comportamentos. Sem autoconhecimento, é difícil construir a autenticidade e a confiança que são essenciais para gravitas.

2. Ambientes Não Conducivos

Os ambientes em que as pessoas crescem e trabalham podem não ser propícios ao desenvolvimento de gravitas. Em contextos onde a superficialidade, a pressa e a comunicação ineficaz prevalecem, torna-se desafiador cultivar as qualidades de profundidade e seriedade associadas a gravitas. Ambientes tóxicos ou excessivamente competitivos também podem desencorajar a expressão autêntica e ponderada.

3. Pressões Culturais e Sociais

Diversas culturas e sociedades podem valorizar mais a extroversão, a rapidez e a leveza em vez da seriedade e do peso de gravitas. As pressões sociais para se conformar a determinados padrões de comportamento podem impedir que indivíduos explorem e desenvolvam sua presença de maneira autêntica e profunda.

4. Falta de Modelos de Referência

Sem modelos de referência que exemplifiquem gravitas, é difícil para as pessoas aprenderem e adotarem essas qualidades. Líderes, mentores e figuras públicas que demonstram gravitas podem inspirar e guiar outros nesse caminho, mas a ausência desses exemplos deixa muitos sem uma direção clara sobre como desenvolver essa virtude.

5. Desafios Pessoais

Questões pessoais como baixa autoestima, insegurança e medo do julgamento alheio podem bloquear o caminho para o desenvolvimento de gravitas. A jornada para construir uma presença confiante e respeitável exige resiliência e autodisciplina, características que podem ser difíceis de cultivar em meio a desafios internos significativos.

6. Falta de Formação e Educação Adequadas

O desenvolvimento de gravitas não é frequentemente abordado na educação formal. Sem instrução específica sobre como desenvolver habilidades de comunicação eficazes, autoconfiança, empatia e liderança, muitos ficam sem as ferramentas necessárias para manifestar gravitas.

7. Complexidade e Tempo

Desenvolver gravitas é um processo complexo que requer tempo e prática contínua.

Muitas pessoas podem não estar dispostas ou ser incapazes de investir o tempo necessário para aperfeiçoar essas habilidades ao longo da vida. A pressa em alcançar resultados rápidos pode desviar o foco do desenvolvimento gradual e profundo de gravitas.

Embora gravitas seja uma qualidade acessível em teoria, a realidade é que vários obstáculos podem impedir sua manifestação plena em todos os indivíduos. Reconhecer essas barreiras é o primeiro passo para superá-las e criar ambientes e práticas que incentivem o desenvolvimento dessa virtude tão valiosa.

Este livro busca fornecer as ferramentas e insights necessários para ajudar qualquer pessoa a superar esses desafios e alcançar uma presença autêntica, influente e respeitável.

Este livro visa desmistificar a gravitas e fornecer ferramentas práticas para que qualquer pessoa possa desenvolver e manter essa qualidade vital, contribuindo para seu crescimento pessoal e profissional e deixando um legado duradouro para as futuras gerações.

Características

Número de páginas 330
Edição 3 (2024)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Tipo de papel Polen
Idioma Português

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Fale com o autor

Professor Doutor Fernando Antonio Dal Piero

Fernando Antonio Dal Piero – escreve com pseudônimo Giacomo Nerone. Doutor em ciências políticas - Universidad de Barcelona em 2004. Livre docente na Wilfrid Laurier University em 2005 com o titulo de O ENSINO DO EMPREENDEDORISMO E A PRODUÇÃO DE RIQUEZA NACIONAL.

300 livros editados e publicados. Marca Alcançada no Brasil em Julho de 2024. Mais de 273 estudos conjunturais concluídos. Mais de nove mil e duzentas e dezesseis horas de palestras/aulas/debates entre 2011 e 2024. Mais de 700 podcasts e filmes criados e divulgados em Sptofy, YouTube e outras plataformas. Pesquisador Voluntário em Fundação Universidade de Barcelona até 2025. Pesquisador Voluntário em MGO & MGO & DAL - PESQUISA E OPINIÃO CIENTIFICAS. Mentoring Internacional Sênior em MicroMentor, Sebrae e outras instituições de Pesquisa. Conhecido nas suas Publicações sob nome e pseudonimo de (Professor Doutor Fernando Antonio Dal Piero, Giacomo Nerone, Fernando A. Dal Piero, Dal Piero, Juvenal - o Romano)

Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários