ESCOTISMO Caminho para novas emoções
Apreciações obre o Movimento Escoteiro enquanto prática educativa
Categorias
Diversos, Geografia E Historia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 5834 vezes desde 05/01/2011
Versão
impressa
R$ 41,13
Valor total:
R$ 41,13
Valor total:
R$ 41,13
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

Em 1960, Nilson Thomé fez a sua promessa de Escoteiro, no Fogo de Conselho que marcou a fundação do grupo Escoteiro Pindorama, na cidade de Caçador, Estado de Santa Catarina. Após quatro anos, ele saiu da tropa, mas... uma vez escoteiro, sempre escoteiro! Cinqüenta anos depois, publica este livro sobre o Movimento Escoteiro, com dez capítulos, parte deles contemplando textos avulsos que já apresentou em eventos científicos e que já publicou em revistas científicas e, outra parte, formada por textos novos, onde enfoca o método educacional da instituição mundial como “pedagogia alternativa”. O Escotismo é apresentado a partir da história do seu idealizador – Baden Powell – e a história da sua criação, expansão e chegada ao Brasil. Thomé aborda aspectos que envolveram o movimento hoje centenário, como o fascismo, o nazismo, o integralismo, o nacionalismo, o militarismo, aspectos de religiosidade e espiritualidade, os fundamentos e princípios, sua estrutura organizacional, apresenta outros movimentos paralelos e, claro, narra a sua história de vida da infância coincidente com a história da criação do Grupo Escoteiro Pindorama.

Características
ISBN 978-85-909605-7-7
Número de páginas 248
Edição 1 (2010)
Formato A5 (148x210)
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Nilson Thomé

NILSON THOMÉ era natural de Caçador (1949). Historiador, Jornalista, Antropólogo e Professor. Doutor em Educação (História e Filosofia) pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2006). Era Mestre em Educação (Gestão Institucional) pela UNICAMP e Universidade do Contestado (2001). Foi especialista em História do Brasil pela Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC (1995) e em Administração Escolar pela Escola Superior Aberta do Brasil – ESAB (2008). Licenciado em História pelo Centro Universitário Diocesano do Sudoeste do Paraná - UNICS (1991). Técnico em Magistério (Normalista) pelo Colégio Nossa Senhora Aparecida (1975). Obteve capacitação e aperfeiçoamento em Educação Superior a Distância em instituições do Brasil, dos EUA e da Espanha. Morreu aos 64 anos de idade com vasta experiência em jornalismo, museologia, arqueologia, antropologia e sociologia, projetos e pesquisas, e em administração universitária. Coordenou o Projeto Contestado para o Governo de Santa Catarina (1985-1987), foi Diretor de Planejamento da Fundação Catarinense de Cultura (1991-1992), Diretor da Indústria, Comércio e Turismo do Município de Caçador (1993-1996) e membro titular do Conselho Estadual de Cultura de Santa Catarina (1993-1996). Foi empresário na indústria gráfica e no jornalismo durante 30 anos. Editou jornais em Caçador, Videira, Joaçaba, Concórdia, Curitibanos e Porto União. Idealizador e fundador do Museu Histórico e Antropológico da Região do Contestado, de Caçador (1974). Diretor Administrativo da Fundação UnC-Caçador por 13 anos. Participante do movimento que introduziu e desenvolveu a Educação Superior em Caçador. Integrou a Universidade do Contestado desde sua constituição onde exerceu atividades de docência nas áreas de História, Metodologia, Antropologia, Sociologia e Geografia. Pesquisou temas de Educação, a História Municipal, a História Regional e a Guerra do Contestado desde 1970, tendo editado 33 livros e mais de cem outras obras, entre livretes, capítulos, participações em coletâneas e artigos científicos publicados em instituições brasileiras e do exterior. Conheceu todos os Estados do Brasil e realizou viagens de estudos aos Estados Unidos, México, Guatemala, Nicarágua, El Salvador, Belize, Venezuela, Colômbia, Peru, Bolívia, Chile, Paraguai, Uruguai, Argentina, Portugal, Espanha, Itália, Luxemburgo, Alemanha e França. Recebeu o título de Cidadão Honorário do Município de Fort Worth (Texas, EUA) em 1983, do Município de Fraiburgo (Santa Catarina) em 2005 e a comenda O Desbravador, do Município de Caçador, em 2007. Em 1987 recebeu a comenda Medalha Anita Garibaldi do Governo do Estado de Santa Catarina, pelo resgate da cultura do homem do Contestado. Em 2003, recebeu o Prêmio Destaque do Ano em História, conferido pela Academia Catarinense de Letras, pelo conjunto das suas obras sobre o Contestado. Integrou o corpo docente do Mestrado em Educação da Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC) de Lages (SC), onde foi líder do GT Histedbr-Serra Catarinense até seu falecimento. Site: http://nilsonthome.mtecomunicacao.com

Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Comentários
0 comentários