#MESAdePOESIA
(o acaso nos livra do descaso)
Código do livro: 342046
Categorias
Entretenimento, Poesia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 1114 vezes desde 05/10/2020
Versão
impressa
de R$ 40,00 por
R$ 33,82
Coloração
Acabamento
Valor total:
R$ 33,82
Versão
ebook
R$ 19,80
Disponível em:
epub
Valor total:
R$ 33,82
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

#MESAdePOESIA (o acaso nos livra do descaso)

Prefácio/posfácio:D.Everson/D.Rebelo/Bruxana/O Despoeta.

-Sei que era meado(s) de dois mil e catorze, o local onde ‘tava’ residindo, era um apartamento no engenho do “medo” ao lado da reitoria da UFPE. Residia com o músico “Anjinho”, o cibernauta das caruaras Walber e outro ser ‘desestudante’ que não lembro mais por causa da minha parca memória. Sei que fizera alguns recitais nesse cômodo entre outras confraternizações com alguns amigos das artes, ‘pariceiros’ poetas e/ou companheiros de bicadas filosóficas ou de resistência acadêmica, entre outras ‘canalharias’... E em uma dessas recebo a presença/visita do multiartista Jimmy Marcone e da biblioteconomista Daiane Rebelo no seu lindo vestido vermelho. E talvez nessa mesma fora que surgira a ideia inicial de bolarmos a ‘pariceria’ de um livro ‘(co)junto’ feito em mesas de bares. A dinâmica desse projeto sofrera no seu galope do tempo vários entraves e mudanças... A priori seria ‘porresias’ construídas a quatro mãos durante os encontros ‘Étí(li)cos’... ‘A posteriori’ o projeto: “O Acaso Nos Livra do Descaso”, ganhou outros rumos, uma ou outra desistência/sepultamento/arquivamento: morte-vida e ressurreição... Agora nesse período de inquietante-quarentena, reconvoquei Mr. Jimmy (e) vamos pôr mãos à obra novamente. E ‘antihumildementefalando’ este é o resultado: dez poemas solos desses indivíduos poetas e cinco concretamente construídos em uma ‘pariceria’ a distância e não presentemente como seria em tempos outros. São textos de 2014 – 2020 revisados/talhados ou lapidados de acordo com o húmus e o humor desses estranhos dias de lutas e glorias sem Fé, Lei e/ou Reis!

-Prevíamos coisas de um mundo distante quando estávamos em 2014, agora seis anos à frente retomamos um episódio do Acaso, mas não por acaso, fizemos agora um retorno a um mundo já distante, inexistente se não fossem pelos poemas que foram deixados naquela época e eclodidos em meio a uma pandemia (que já aguardávamos por uma situação caótica que estaria por vir abrindo este novo século). Os poemas foram escritos dentro de processos vividos que eu buscava uma forma de haver maneiras pela qual após o projeto pronto (o livro) sentaríamos numa mesa para de forma etilicamente, comentarmos as fases e os processos dos escritos, pois são textos que metamorfoseei nas minhas andanças pela cidade do Recife assim como das sensações abduzidas pelas situações gravíssimas de incontinência mental. Esta obra passou por quatro HD’s, perdi trabalhos acadêmicos num vórtice do acaso que me atingiram seriamente em meio a um caos nessas últimas fases ‘meio fezes’ que me permitiu aceitar o ‘descaso’ das condições adversas para com o bicho humano. Aproveitei a prisão, solidão e sumiço de quase dez anos de mim numa cidade dicotomicamente cheia ao mesmo tempo vazia. Lambi as ruas, senti os cheiros, escorreguei em bueiros, utilizei as tubulações para jogar dentro dessa obra canalizando o que sobreviveu de alguns anos e circunstâncias. Célio Lima é um expoente de uma época ainda muito mais anterior a este projeto, é de uma região interiorana conterrânea que o acaso nos direcionou na transição dos séculos à dividirmos até hoje cenários poético/artísticos/culturais e agora este livro, assim como as degustações recifenses dentre elas alcovas, buracos e mesas num universo literário, ficcional e realístico. Aqui estamos nós, confrontando o Acaso, perfurando o tempo, agindo como um vírus-marginal atacando o sistema imunológico das impossibilidades politico-sociais, como traças-anarquistas corroendo as páginas negacionistas das desigualdades sociais tão impeditivas a produção e disseminação do livro, leitura e literatura.

(Célio Lima/Jimmy Marcone)

Características
ISBN 978-65-001-0262-8
Número de páginas 59
Edição 1 (2020)
Formato A4 (210x297)
Acabamento Brochura
Tipo de papel Polen

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Fale com o autor
-c.p.b.p.jr: / Jimmy Marcone

Célio Lima (PHILOPOETA) nasceu em Bezerros, cidade interiorana situada no Agreste Pernambucano em 1981. Licenciado em filosofia pela UFPE (2016). É filósofo por natureza, anarquista por vontade de potência e poeta por diversão. Membro fundador dos movimentos literanacos: A Sociedade dos Filhos da Pátria e O Coletivo FDP. Ativista/produtor cultural e pesquisador

L I V R O S* (Colaboração e revistas):

- OS CANTICOS AS SAUVAS (2012)

- SEM NINGUÉM (2013)

- OS QUATROS CAVALEIROS DO APOCALIPSE (2013)

- SÉRIE 10 CÂNTICOS ÀS SAÚVAS (2015)

- O MARGINAL #3 (2015).

- LITERATURA PERNAMBUCANA – Uma Disciplina Necessária (2017).

- NO RECANTO DA ESTAÇÃO - Resistência Poética... (2018).

PRÓXIMOS LANÇAMENTOS

- 10 CÂNTICOS ÀS SAÚVAS (2020)

- MESA DE POESIA (2020)

- O POETA MATUTO MARGINAL NA SOMBRA DE 1984 (2020

*C.P.B.P.JR: (O POETA-MATUTO-MARG!NAL !!!) É um dos personagens criados por o autor.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
de R$ 35,09
R$ 29,02
Ebook
R$ 19,80
Impresso
de R$ 35,05
R$ 29,23
Ebook
R$ 19,80
Impresso
de R$ 30,23
R$ 26,75
Ebook
R$ 19,80
Impresso
de R$ 35,04
R$ 29,22
Ebook
R$ 19,80
Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
de R$ 30,61
R$ 27,13
Ebook
R$ 25,19
Impresso
de R$ 30,06
R$ 26,58
Ebook
R$ 14,96
Impresso
de R$ 29,44
R$ 25,96
Ebook
R$ 14,42
Impresso
de R$ 33,03
R$ 29,54
Ebook
R$ 16,58
Impresso
de R$ 31,64
R$ 28,15
Ebook
R$ 16,58
Impresso
de R$ 45,13
R$ 41,65
Ebook
R$ 14,42
Impresso
de R$ 28,63
R$ 25,14
Impresso
de R$ 36,80
R$ 33,32
Ebook
R$ 16,58
Impresso
de R$ 27,79
R$ 24,31
Ebook
R$ 14,42
Impresso
de R$ 35,87
R$ 32,39
Ebook
R$ 14,42
Impresso
de R$ 43,01
R$ 39,52
Ebook
R$ 25,19
Impresso
de R$ 38,67
R$ 35,19
Ebook
R$ 20,21
Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários