O 3º CORPO PROVISÓRIO DE PALMEIRA
A TRAJETÓRIA DO “PÉ NO CHÃO” DE PALMEIRA ATRAVÉS DO OLHAR DA IMPRENSA (1932-1937)
Código do livro: 370071
Categorias
Historiografia, América Latina, Geografia E Historia, Ciências Humanas E Sociais
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 106 vezes desde 26/04/2021
Versão
impressa
R$ 69,24
Valor total:
R$ 69,24
Valor total:
R$ 69,24
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

Em 1932 o cenário político brasileiro passava por outro momento conturbado: a Revolução Constitucionalista. Naquele ano, o estado de São Paulo, que desde 1930 alimentava certo ressentimento pelo fim da "Política do Café com Leite", ergueu-se contra o Governo Provisório chefiado por Getúlio Vargas. Na defesa do Governo Varguista, o Exército foi mobilizado, sob a bandeira da legalidade e, o estado paulista insurgido e, simbolicamente apoiado por políticos e grupos de outras regiões do Brasil, teve como bandeira maior, a elaboração de uma nova Constituição para a Pátria Brasileira. O Estado de São Paulo mobilizou forças militares e civis, assim como fez o Governo Federal e os governos estaduais apoiadores de Vargas. Deste modo, o exército acionado pelo Governo Provisório foi significativamente auxiliado por diversas forças militares estaduais, como a rio-grandense. O Rio Grande do Sul, além da Brigada Militar, enviou para o território do conflito diversos "Corpos Auxiliares", compostos por cidadãos, em sua maioria sem formação militar, mas imbuídos de forte sentimento de dever cívico. Dentre estas forças auxiliares, também chamadas de provisórias, ganhou destaque o 3º Corpo Auxiliar da Brigada Militar Rio-Grandense, criado em 1932 em Palmeira das Missões e que, no teatro das batalhas, cunhou o honroso epíteto de "Pé-no-Chão", por lutarem com os pés descalços por opção e, também, por brandirem seus "facões" frentes as metralhadoras revolucionárias.

A obra apresenta uma linha de tempo, que narra a atuação do 3º Corpo Provisório. Os episódios aludidos foram recolhidos de diferentes veículos de imprensa, tanto rio-grandenses, quanto brasileiros, tendo como início a convocatória para se dirigirem para São Paulo, no teatro da Revolução, e término no ano de 1937, pois, após esta data, não foram mais identificadas informações sobre a corporação nos periódicos pesquisados.

Características
ISBN 978-65-002-1629-5
Número de páginas 152
Edição 1 (2021)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Colorido
Tipo de papel Offset 75g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

HENRIQUE PEREIRA LIMA

Graduado em História (2006).

Especialista em História e Geografia (2008).

Mestre em História Regional (2012).

Professor do Ensino Fundamental, em Palmeira das Missões e acadêmico do curso de Ciências Jurídicas (Universidade de Passo Fundo, 2021).

Diversas obras públicas, em formato físico e e-book, versando sobre temas diversos, com destaque aos poemas de vertente regionalista, poemas com temas da história regional de Palmeira das Missões, e sobre o folclore do Rio Grande do sul.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Impresso
R$ 55,68
Ebook
R$ 14,42
Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários