Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
A Fragilidade das Fronteiras nas Terras Contestadas
Súmula Histórica das questões de limites, idéias emancipacionistas e movimentos separatistas no Contestado
Categorias
Geografia E Historia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 5606 vezes desde 05/01/2011
Versão
impressa
R$ 42,62
Valor total:
R$ 42,62
Valor total:
R$ 42,62
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

Desde quando Portugal e Espanha dividiram as ainda desconhecidas terras americanas conforme o Tratado de Tordesilhas, as indefinições fronteiriças tem sido constantes na América do Sul, no Brasil e na sua Região Sul, onde se localiza aquele que até 1917 era um “Espaço Livre” e que agora é conhecido por “Território”: o Contestado. Desde 1970, o historiador Nilson Thomé dedica considerável tempo à tentativa de explicação da complexidade que envolvia esta parte da “nova” História do Contestado, para separar e entender cada um dos movimentos separatistas e emancipacionistas, paralelamente aos movimentos de integridade e de união, pacíficos e revolucionários. Aqui, ele objetiva expor à atual geração as diferentes posições do homem do Contestado ante aos acontecimentos que envolveram suas fronteiras, não através de simples narrativa histórica, mas de exposição abrangente de fatos, para servirem como objetos de reflexão, para compreensão da realidade e, até, para imaginação do futuro. A Questão de Limites entre Paraná e Santa Catarina foi, sem dúvida alguma, a mais importante disputa fronteiriça para a História do Contestado. E, justamente diante da aproximação do centenário da assinatura do “Acordo de Limites” (1916), que contribuiu para o encerramento da Guerra do Contestado, Thomé entende ser esta a boa hora para publicar seu relatório sobre estas pesquisas.

Características
ISBN 978-85-911141-1-5
Número de páginas 284
Edição 1 (2010)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Nilson Thomé

NILSON THOMÉ era natural de Caçador (1949). Historiador, Jornalista, Antropólogo e Professor. Doutor em Educação (História e Filosofia) pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2006). Era Mestre em Educação (Gestão Institucional) pela UNICAMP e Universidade do Contestado (2001). Foi especialista em História do Brasil pela Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC (1995) e em Administração Escolar pela Escola Superior Aberta do Brasil – ESAB (2008). Licenciado em História pelo Centro Universitário Diocesano do Sudoeste do Paraná - UNICS (1991). Técnico em Magistério (Normalista) pelo Colégio Nossa Senhora Aparecida (1975). Obteve capacitação e aperfeiçoamento em Educação Superior a Distância em instituições do Brasil, dos EUA e da Espanha. Morreu aos 64 anos de idade com vasta experiência em jornalismo, museologia, arqueologia, antropologia e sociologia, projetos e pesquisas, e em administração universitária. Coordenou o Projeto Contestado para o Governo de Santa Catarina (1985-1987), foi Diretor de Planejamento da Fundação Catarinense de Cultura (1991-1992), Diretor da Indústria, Comércio e Turismo do Município de Caçador (1993-1996) e membro titular do Conselho Estadual de Cultura de Santa Catarina (1993-1996). Foi empresário na indústria gráfica e no jornalismo durante 30 anos. Editou jornais em Caçador, Videira, Joaçaba, Concórdia, Curitibanos e Porto União. Idealizador e fundador do Museu Histórico e Antropológico da Região do Contestado, de Caçador (1974). Diretor Administrativo da Fundação UnC-Caçador por 13 anos. Participante do movimento que introduziu e desenvolveu a Educação Superior em Caçador. Integrou a Universidade do Contestado desde sua constituição onde exerceu atividades de docência nas áreas de História, Metodologia, Antropologia, Sociologia e Geografia. Pesquisou temas de Educação, a História Municipal, a História Regional e a Guerra do Contestado desde 1970, tendo editado 33 livros e mais de cem outras obras, entre livretes, capítulos, participações em coletâneas e artigos científicos publicados em instituições brasileiras e do exterior. Conheceu todos os Estados do Brasil e realizou viagens de estudos aos Estados Unidos, México, Guatemala, Nicarágua, El Salvador, Belize, Venezuela, Colômbia, Peru, Bolívia, Chile, Paraguai, Uruguai, Argentina, Portugal, Espanha, Itália, Luxemburgo, Alemanha e França. Recebeu o título de Cidadão Honorário do Município de Fort Worth (Texas, EUA) em 1983, do Município de Fraiburgo (Santa Catarina) em 2005 e a comenda O Desbravador, do Município de Caçador, em 2007. Em 1987 recebeu a comenda Medalha Anita Garibaldi do Governo do Estado de Santa Catarina, pelo resgate da cultura do homem do Contestado. Em 2003, recebeu o Prêmio Destaque do Ano em História, conferido pela Academia Catarinense de Letras, pelo conjunto das suas obras sobre o Contestado. Integrou o corpo docente do Mestrado em Educação da Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC) de Lages (SC), onde foi líder do GT Histedbr-Serra Catarinense até seu falecimento. Site: http://nilsonthome.mtecomunicacao.com

Comentários
0 comentários