LUMINÂNCIA
Poesia
Categorias
Poesia, Biografia, Ficção
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 4806 vezes desde 11/01/2013
Versão
impressa
R$ 40,97
Valor total:
R$ 40,97
Versão
ebook
R$ 17,22
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 40,97
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Em dezembro de 1997 eu conheci a Luciana. Trabalhávamos numa loja de presentes num shopping de Belo Horizonte. Este livro de poesias é uma homenagem a ela, que no dia 10 de Dezembro de 2011 faleceu em decorrência de um câncer de mama. Foram quatorze anos de muito carinho, muita alegria, muitos encontros e desencontros, muita luta por uma qualidade de vida. E por fim, uma terrível agonia de ver tanto sonho destruído, tanta dor com uma doença tão perversa. O encontro mágico, a conquista, o namoro, a vida de casado; na sua simplicidade, despretensiosa; esta obra pessoal, artesanal, inacabada, talvez não diga nada. Seja apenas mais uma pegada, sob tantas outras, neste chão vasto e tão habitado. Só vos digo: foram estas as nossas. Obrigado.

Características
Número de páginas 244
Edição 1 (2013)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
André Alvim Resende

André Alvim Resende nasceu em Brasília no dia 7 de Abril de 1971. Em Agosto de 1984 mudou-se de Brumado na Ba para Pouso Alegre MG. Lá estudou no colégio São José que anualmente promovia concursos literários, o que despertou o seu gosto pela escrita e ele começou a escrever os seus primeiros versos. Em 1989 mudou-se para Belo Horizonte, onde na PUC-MG formou-se em Psicologia em 1994. André é especialista na área de RH, mora atualmente em Uberlândia MG, e nunca deixou de se dedicar à poesia. Possui diversos livros publicados no clube de autores www.clubedeautores.com.br . As suas influências seguem pelo caminho seguro dos nossos grandes nomes da poesia como Drummond, Vinícius, Manuel Bandeira, Cruz e Souza, João Cabral de Melo Neto, como também o chileno Pablo Neruda. Ademais, entra toda a riqueza da MPB que cotidianamente e como expressão maior da nossa cultura, tem forte reflexo na sua escrita, como Gil, Caetano, Chico, Tom Jobim, e os grandes nome da atualidade, como Lenine, Zeca Baleiro, Otto e muitos mais.

Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Comentários
0 comentários