Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
América Latina, corrupção, impunidade, miséria e pobreza
Corrupção e impunidade
Categorias
Pobreza, Desenvolvimento Profissional, Américas, Geografia E Historia, Desenvolvimento Humano, Ciências Humanas E Sociais
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 186 vezes desde 14/10/2019
Versão
impressa
R$ 56,14
Valor total:
R$ 56,14
Versão
ebook
R$ 11,84
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 56,14
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

“Os trabalhadores não querem nada além de educação, saúde, segurança, moradia, transporte, oportunidade de trabalhar e produzir com dignidade em suas vidas, querem o direito a um emprego e uma vida decente que permita moradia, alimentação, educação, lazer e vida saudável. - Eles só querem ser tratados com respeito!

Essas reivindicações mínimas parecem impossíveis no decadente capitalismo infame e máscardo como o são Lula-Dilma, Chávez-Maduro, Kirchner-Kirchner, Morales, Humala, Santos, Correa, Varela, Hernandez, Pérez Molina, Vázquez, Sánchez Cerén, Solis, Medina, Peña Nieto, Fidel Castro-Raul e desde George H.W. Bush a Obama, que finguindo alianças e com a minoria extrema controlam o grande capital internacional, e de dentro de suas limusines e no topo de seus aviões particulares, não ligam para resolver os problemas reais da humanidade, nadando em luxo, desperdício e irracionalidade, preferem, sem piedade, continuar com a corrupção, impunidade e preparar a barbárie para a América Latina e do planeta Terra. Assim tentam continuar enganando os trabalhadores e camponeses com suas pequenas esmolas de manipulação e seus hipócritas, perversos e corruptos programas de assistência dos governos quando a coisa útil, certa e correta seria do Estado.

Torna-se urgente e necessário que a sociedade se organize e canalize sua indignação através de movimentos que demonstrem de maneira pacífica, mas determinada, seu repúdio e irritação contra os inumeros atos de corrupção, tráfico de influências, suborno, gorjetas, fraudes, roubos e impunidade, exigindo medidas investigativas e ações preventivas sérias e profundas, assim como a restituição dos valores desviados ilicitamente, promovidos, operação eficiente do sistema judicial e punições rigorosas para os criminosos - nada de tratamentos especiais!

Exigir condições e práticas honestas de direitos civis, humanos, expressão e informação, em vez de Programas de Assistência que objetivam apenas o bem-estar de poucos, em detrimento da miséria, pobreza e morte da maioria das pessoas excluídas e frágeis que em silêncio esperam que esses programas de assistência lhes dêm esmolas e migalhas de pão para sua sobrevivência precária, em troca do voto nas eleições.

Não podemos mais continuar atendendo silenciosamente às demandas burguesas das malditas classes dominantes e políticas que enchem seus bolsos e contas bancárias todos os dias enquanto o povo de nossas nações sangra e morre.

São necessários novas definições e rumos para todos os Programas Sociais que, desde sua concepção, deixaram de ser verdadeiramente sociais, tornando-se em estratégias de assistência, com os únicos propósitos hipócritas, infames e partidários-políticos de garantir a permanência indefinida dos burgueses, classes dominantes e partidos políticos no poder das nações que lentamente continuam a sangrar se encontrando atualmente em nojentas UTIs.

“Em todos os países do mundo os trabalhadores querem nada mais do que educação, saúde, segurança, habitação, transporte, oportunidade de trabalhar e produzir com dignidade em suas vidas, eles querem o direito a um emprego e a um salário decente que permita moradia, comida, educação, lazer e vida saudável”. - Eles só querem ser tratados com dignidade e respeito!

“Das várias facetas da corrupção, a mais desumana e cruel é a que ocorre no setor público, onde o dinheiro de todos é desviado para engordar os bolsos de alguns sem alma, sem ética e sem moral, causando uma pobreza terrível. , sofrimento e miséria do povo ”.

Seja responsável e reflita: “É justo que nada seja feito para ajudar a mudar essa situação que está sangrando e se alimentando com países gangrenados, mas se não fizermos nada, será isso o que queremos deixar de herança para nossos filhos e netos?”.

Marco Antonio Heredia Viveros

Rubricas: ciências humanas e sociais, desenvolvimento humano, geografia e história, filosofia e aspectos sociais, pobreza, história das Américas.

Palavras-chave: corrupção.

Características
Número de páginas 351
Edição 1 (2019)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Marco Antonio Heredia Viveros

Professor universitário, formado em economia e administração com pós-graduação na USP.

Consultor autônomo de organizações. Professor Universitário e autor de vários livros acadêmicos e romances. Inclusive com livros publicados neste site por nomes: " A verdade não contada no caso Maria da Penha" ," Extermínio de Homens - A verdade como ela é", "Vidas Sombrias", "Acorda Brasil - o gigante com medo", "Introdução ao Processo Administrativo", "Fundamentos do Pensamento Administrativo", "Administração Estratégica Básica" e "A Voz - nem tudo o que é parece", Introducción al Proceso Administrativo, a Prostituta das Provas, Hipocrisía, Crime sem castigo, Os três Agentes caras de pau Vol.I e II, América Latina-Corrupción, impunidad, miséria y pobreza, A vida de Mentiras de Maria da Penha Maia Fernandes, Fala Sério!, A VOZ edição ampliada, América Latina corrupção, impunidade, miséria e pobreza, assim como outros livros acadêmicos já publicados em português e em espanhol. Último livro lançado em 2019.

Comentários
0 comentários