Certificação de Conformidade Administrativa
Em Cooperativas Comunitárias
Código do livro: 177154
Categorias
Ciências Humanas E Sociais, Desenvolvimento Humano, Economia, Comércio, Desenvolvimento Profissional, Empreendedorismo
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 19968 vezes desde 26/11/2014
Versão
impressa
R$ 45,74
Coloração
Acabamento
Valor total:
R$ 45,74
Versão
ebook
R$ 22,53
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 45,74
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

O que está acontecendo com o cooperativismo do Brasil?

As organizações oficiais do cooperativismo do Brasil estão deixando-o numa recessão, bem cruel, como se servissem do cooperativismo e não estivessem a serviço dele. É precária situação do cooperativismo do Brasil e especialmente a do ramo de trabalho e de serviços.

O movimento cooperativista brasileiro tendo 40 anos, sob a égide da lei federal nº 5764/1971 – Política Nacional do Cooperativismo se estagnou nos últimos 10 anos, configurando-se como uma tendência ainda irreversível, pois veio de 7.551 em meados dos anos 2000 para 6.586 cooperativas em 2010/2011. Uma queda vertiginosa de 12,8% ou perda de 965 cooperativas.

A participação das cooperativas na atividade econômica da nação está na faixa de 6% do PIB – com carga quase total das cooperativas agropecuárias. Em países europeus essa participação assume valores acima de 70% do PIB. Nestas condições, há muito espaço para o crescimento do número de cooperativas, nas mais variadas modalidades de objetivos sociais e segmentos específicos na economia nacional.

Apesar da análise da OCB - Organização das Cooperativas Brasileiras - DF relatar ter havido o "amadurecimento do processo e gestão" das cooperativas, já que se perderam quase 1.000 cooperativas em cerca de 10 anos, como se argumentasse haver um mecanismo natural de seleção das melhores trata-se de argumentação falsa, já que o número total caiu em sua magnitude absoluta, não se tratando de mortalidade de negócios, quando este tem "reposição" de novos empreendimentos, mas sim um campo de negócios que vem perdendo o interesse de empreendedores em quererem trabalhar sob administração cooperativada.

O cooperativismo no Brasil ainda é incipiente e amador.

Podemos dizer que o país possui baixo domínio sobre as práticas cooperativistas, o que terminou por produzir muita precariedade operacional. Conheça nesta obra uma metodologia para a Certificação da Qualidade da Administração de Cooperativas Comunitárias, que visará expandir o Cooperativismo do Brasil.

Características
Número de páginas 76
Edição 1 (2014)
Formato A4 (210x297)
Acabamento Brochura
Tipo de papel Offset 75g

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Fale com o autor
Lewton Burity Verri

PÓS GRADUAÇÃO - UBM - Centro Universitário de Barra Mansa - RJ

Pós Graduação em Licenciamento e Gestão Ambiental

Barra Mansa / RJ – Brasil - 2011 – 2012 – Concluído em outubro/2012

GRADUAÇÃO - UFF - Universidade Federal Fluminense

Engenharia Industrial Metalúrgica - Volta Redonda / RJ – Brasil - 1972 – 1974 e Básico de Engenharia Mecânica na Escola Naval, de 02/02/1970 a 02/02/1972.

EMPRESAS EM QUE TRABALHEI: CSN, SERCO, ABRACOOP, FACULDADE ANGLO LATINO - SP, FACULDADE SUL FLUMINENSE.

CARGOS EXERCIDOS: De engenheiro estagiário a engenheiro sênior, na industrialização, com atuação na alta administração: foi assessor técnico da Presidência, foi Vice Presidente e Diretor Técnico de empresa de engenharia, foi Presidente de ONG, Professor do Ensino Superior.

Possui 48 mil horas em engenharia industrial e metalúrgica, administração da produção e do controle da qualidade, assistência técnica aos clientes, especificação de processos siderúrgicos, auditorias da qualidade, projetos e desenvolvimento de novos produtos, projetos de experimentos laboratoriais e industriais, controle estatístico e planejamento da produção, exportação de produtos, normalização e padronização de produtos e processos, desenvolvimento de sistemas de informações, desenvolvimento de sistemas de controle da qualidade, pesquisas, estudos científicos e projetos de experimentos, implantação de ISO 9000, ISO - 14000, implantação de TQC - Total Quality Control (especialização no Japão – 1991 – 180 horas), implantação de CCQ - Círculos de Controle da Qualidade e assessoramento técnico da presidência da CSN e do Conselho de Administração.

Engenheiros Blog: www.engenheiros.blog.br

Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários