Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
Será que sabemos medir, contar e pesar?
Com precisão e exatidão?
Categorias
Ciências Exatas, Engenharia E Tecnologia, Administração
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 25428 vezes desde 19/05/2013
Versão
ebook
R$ 22,60
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 22,60
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Será que sabemos medir, contar e pesar com precisão e exatidão?

As fábricas costumam desenvolver suas Normas Técnicas, em conjunto com um grupo de empresas utilizadoras dos seus produtos/mercadorias/matérias primas/insumos, para a formalização das suas características, em caráter nacional, junto à ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas e assim se identificam produtos/mercadorias/matérias primas/insumos através de um código numérico nacional, consolidando-os como um bem “normalizado e padronizado”, passível de ser comprado e consumido, com suas características garantidas, nos termos das normas, e universalmente difundidas.

Seguem algumas das instituições normalizadoras e padronizadoras:

1. ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas;

2. ASTM – Sociedade Americana de Testes e Materiais;

3. DIN – Normas Industriais Alemãs;

4. JIS – Normas Industriais Japonesas;

5. ISO – Organização Internacional de Normalização e

6. AFNOR – Associação Francesa de Normalização.

E muitas outras; da Ásia, da América Latina, da Oceania, do Oriente, do Leste Europeu e praticamente das regiões econômicas ou dos blocos que compõem os mercados regionais da globalização.

No Brasil, o INMETRO – Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial para apoiar a padronização industrial, efetua testes e ensaios – Destrutivos e Não–destrutivos - em amostras de produtos/mercadorias/matérias primas/insumos enviados pelos fabricantes – com vistas à padronização dos procedimentos de testes e ensaios e aperfeiçoamento dos bens materiais - ou pelo Sistema de Proteção do Consumidor – com vistas a conferir suporte científico aos consumidores, à escolha de bens materiais mais adequadamente elaborados (produzidos), seguros, econômicos e com firme padrão de qualidade geral.

O INMETRO na padronização dos procedimentos de testes e ensaios determina os limites quantitativos e qualitativos das propriedades e das características dos bens materiais, conferindo o potencial de reprodutibilidade científica destes procedimentos fixando os parâmetros de cada etapa dos testes e ensaios, bem como a seqüência tecnicamente correta de realização dos mesmos, desde a retirada das amostras e respectiva preparação física e/ou química até cálculos e registro dos resultados.

O instituto, em confrontação com as Normas Técnicas da ABNT, por exemplo, pode afirmar se o bem material deve ser rejeitado ou aceito, e em quais limites isto se dá, orientando tanto os fabricantes quanto os consumidores sob o “estado de produção” e a “adequabilidade de consumo” respectivamente.

O administrador tem o suporte do INMETRO para protegê-lo contra FRAUDES, que provocam os maiores danos ao patrimônio econômico, industrial ou de serviços, promovidos pelos fabricantes / fornecedores desonestos – alterações de características declaradas em rótulos, bulas ou manuais, alterações de concentrações de substâncias de base, de medidas de volume, peso e metragem, omissão de conteúdos, adulteração de propriedades e etc - as quais oneram a aplicação dos bens materiais nas atividades fabris e empresariais, tais como: perdas excessivas de materiais, quebra de máquinas, interrupção de processos, acidentes, empobrecimento de características de base e etc.

INFORMAÇÕES INSTITUCIONAIS: Site www.inmetro.gov.br

O que é o INMETRO:

O Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial – INMETRO - é uma autarquia federal, vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, que atua como Secretaria Executiva do Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Conmetro), colegiado interministerial, que é o órgão normativo do Sistema Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Sinmetro).

Objetivando integrar uma estrutura sistêmica articulada, o Sinmetro, o Conmetro e o INMETRO foram criados pela Lei 5.966, de 11 de dezembro de 1973, cabendo a este último substituir o então Instituto Nacional de Pesos e Medidas (INPM) e ampliar significativamente o seu raio de atuação a serviço da sociedade brasileira.

No âmbito de sua ampla missão institucional, o INMETRO objetiva fortalecer as empresas nacionais, aumentando sua produtividade por meio da adoção de mecanismos destinados à melhoria da qualidade de produtos e serviços.

Sua missão é promover a qualidade de vida do cidadão e a competitividade da economia através da metrologia e da qualidade.

Dentre as competências e atribuições do INMETRO destacam-se:

• Executar as políticas nacionais de metrologia e da qualidade;

• Verificar a observância das normas técnicas e legais, no que se refere às unidades de medida, métodos de medição, medidas materializadas, instrumentos de medição e produtos pré-medidos;

• Manter e conservar os padrões das unidades de medida, assim como implantar e manter a cadeia de rastreabilidade dos padrões das unidades de medida no País, de forma a torná-las harmônicas internamente e compatíveis no plano internacional, visando, em nível primário, à sua aceitação universal e, em nível secundário, à sua utilização como suporte ao setor produtivo, com vistas à qualidade de bens e serviços;

• Fortalecer a participação do País nas atividades internacionais relacionadas com metrologia e qualidade, além de promover o intercâmbio com entidades e organismos estrangeiros e internacionais;

• Prestar suporte técnico e administrativo ao Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial - Conmetro, bem assim aos seus comitês de assessoramento, atuando como sua Secretaria-Executiva;

• Fomentar a utilização da técnica de gestão da qualidade nas empresas brasileiras;

• Planejar e executar as atividades de credenciamento de laboratórios de calibração e de ensaios, de provedores de ensaios de proficiência, de organismos de certificação, de inspeção, de treinamento e de outros, necessários ao desenvolvimento da infra-estrutura de serviços tecnológicos no País; e

• Coordenar, no âmbito do Sinmetro, a certificação compulsória e voluntária de produtos, de processos, de serviços e a certificação voluntária de pessoal.

Metrologia Científica e Industrial:

A Metrologia é a ciência que abrange todos os aspectos teóricos e práticos relativos às medições, qualquer que seja a incerteza em qualquer campo da ciência ou tecnologia.

Nesse sentido a Metrologia Científica e Industrial é uma ferramenta fundamental no crescimento e inovação tecnológica, promovendo a competitividade e criando um ambiente favorável ao desenvolvimento científico e industrial em todo e qualquer país.

Qualidade:

Qualidade, aqui entendida como o atendimento a requisitos especificados em Normas e Regulamentos Técnicos especialmente no que diz respeito aos aspectos de saúde, segurança e meio-ambiente, é o produto final de todo o trabalho desenvolvido pelo INMETRO.

Nosso objetivo é manter e aperfeiçoar um sistema de avaliação da conformidade reconhecido internacionalmente e adequado às necessidades da sociedade brasileira, que proporcione impacto positivo na economia nacional, promova a competição justa e proteja o consumidor.

Para tanto, buscamos disponibilizar no mercado maior quantidade de produtos, processos e serviços em conformidade com as Normas e os Regulamentos Técnicos, através da descentralização e da diversificação da sistemática de Avaliação da Conformidade.

Metrologia Legal:

A Metrologia Legal tem como objetivo principal proteger o consumidor tratando das unidades de medida, métodos e instrumentos de medição, de acordo com as exigências técnicas e legais obrigatórias.

Com a supervisão do Governo, o controle metrológico estabelece adequada transparência e confiança com base em ensaios imparciais. A exatidão dos instrumentos de medição garante a credibilidade nos campos econômico, saúde, segurança e meio ambiente.

No Brasil as atividades da Metrologia Legal são uma atribuição do Inmetro, que também colabora para a uniformidade da sua aplicação no mundo, pela sua ativa participação no Mercosul e na OIML - Organização Internacional de Metrologia Legal.

Motivado pela grande extensão territorial, o Inmetro optou por um modelo descentralizado, delegando a execução do controle metrológico a Órgão Metrológicos Estaduais - conhecidos por Ipem, Instituto de Pesos e Medidas que fazem parte da Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade – INMETRO

A Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade:

É o braço executivo da Diretoria de Metrologia Legal em todo o território brasileiro, executando as verificações e inspeções relativas aos instrumentos de medição e as medidas materializadas regulamentados, e o controle da exatidão das indicações quantitativas dos produtos pré-medidos, de acordo com a legislação em vigor.

A Rede é composta por 26 órgãos metrológicos regionais, sendo 20 órgãos da estrutura dos governos estaduais, 2 órgãos municipais, e os 4 restantes administrados pelo próprio INMETRO. Esta estrutura vem garantindo a execução das atividades em todos os pontos do território nacional, com sedes em 26 estados da federação, agências em 65 cidades do interior e 23 postos de verificação de veículos-tanque localizados em pólos de distribuição de combustíveis automotivos.

Aprenda aqui a desenvolver o seu Sistema de Pesos e Medidas e aplicá-lo cientificamente em tudo da sua vida e do seu emprego. Adotamos a "linguagem esquemática" muito empregada na engenharia para esboço de ações, tarefas, atividades e processos - facilitando o entendimento das pessoas e dos empregados.

Afinal na engenharia em nada se pode errar, principalmente na hora de se passar as instruções. Caso contrário teremos acidentes, ferimentos e mortes. As apresentações dos textos estão em PPS para PDF. Bons estudos a todos...

Características
Número de páginas 54
Edição 1 (2013)
Formato A4 (210x297)
Acabamento Brochura
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Lewton Burity Verri

PÓS GRADUAÇÃO - UBM - Centro Universitário de Barra Mansa - RJ

Pós Graduação em Licenciamento e Gestão Ambiental

Barra Mansa / RJ – Brasil - 2011 – 2012 – Concluído em outubro/2012

GRADUAÇÃO - UFF - Universidade Federal Fluminense

Engenharia Industrial Metalúrgica - Volta Redonda / RJ – Brasil - 1972 – 1974 e Básico de Engenharia Mecânica na Escola Naval, de 02/02/1970 a 02/02/1972.

EMPRESAS EM QUE TRABALHEI: CSN, SERCO, ABRACOOP, FACULDADE ANGLO LATINO - SP, FACULDADE SUL FLUMINENSE.

CARGOS EXERCIDOS: De engenheiro estagiário a engenheiro sênior, na industrialização, com atuação na alta administração: foi assessor técnico da Presidência, foi Vice Presidente e Diretor Técnico de empresa de engenharia, foi Presidente de ONG, Professor do Ensino Superior.

Possui 48 mil horas em engenharia industrial e metalúrgica, administração da produção e do controle da qualidade, assistência técnica aos clientes, especificação de processos siderúrgicos, auditorias da qualidade, projetos e desenvolvimento de novos produtos, projetos de experimentos laboratoriais e industriais, controle estatístico e planejamento da produção, exportação de produtos, normalização e padronização de produtos e processos, desenvolvimento de sistemas de informações, desenvolvimento de sistemas de controle da qualidade, pesquisas, estudos científicos e projetos de experimentos, implantação de ISO 9000, ISO - 14000, implantação de TQC - Total Quality Control (especialização no Japão – 1991 – 180 horas), implantação de CCQ - Círculos de Controle da Qualidade e assessoramento técnico da presidência da CSN e do Conselho de Administração.

Engenheiros Blog: www.engenheiros.blog.br

Comentários
1 comentários
Fabio Ernani Scherer
Sexta | 20.09.2013 às 16h09
Olá, parabéns pelo seu livro! Se quiser, assista este video e divirta-se: http://www.youtube.com/watch?v=G4VS5MoshsM