DESTERRITORIALIZAÇÃO PRODUTIVA NO MARAJÓ
ANÁLISES GEOGRÁFICAS NO MUNICÍPIO DE BRE-VES PÓS-DECLÍNIO DA ATIVIDADE MADEIREIRA (2000-2015)
Categorias
Pesquisa, Geografia Humana, Demografia, Geografia E Historia, Desenvolvimento Humano, Ciências Humanas E Sociais
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 71 vezes desde 22/07/2020
Versão
impressa
R$ 32,91
Valor total:
R$ 32,91
Versão
ebook
R$ 17,22
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 32,91
Este livro pode estar à venda na:
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

Após o fechamento das grandes madeireiras no município de Breves, tornaram-se evidentes alterações no ciclo econômico e na distribuição populacional, além da maior concentração espacial da população no espaço urbano, acentuando, assim, a distinção entre campo e cidade, dado que problemas econômicos e sociais têm influenciado grandemente o desenvolvimento da região de Breves/Marajó-Pará. Este livro traz a caracterização de Breves, apresentando uma visão geral do município, de seus aspectos econômicos e sociais, bem como busca analisar as modificações socioterritoriais ocorridas nos últimos anos. Para que o debate aqui proposto fosse realizado, foram necessárias pesquisas bibliográficas e visitas a campo, além de pesquisas em órgãos públicos, que disponibilizam dados de população e de criminalidade do município em questão. Breves vem passando por modificações significativas, principalmente devido ao declínio da atividade madeireira e ao surgimento de “novos objetos” (inúmeros estabelecimentos comerciais e de serviços, penitenciária etc.), que vêm alterando a dinâmica urbana e refletindo, diretamente, no modo de vida da população.

Características
ISBN 978-65-878-4201-1
Número de páginas 127
Edição 1 (2020)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Odair José Aragão Alves

A editora do Grupo Acadêmico Produção do Território e Meio Ambiente na Amazônia (GAPTA-UFPA), vinculada à Universidade Federal do Pará, tem como objetivo difundir a produção geográfica de alunos da graduação, da pós-graduação (alunos do curso de Mestrado em Geografia da UFPA e outras áreas afins), e dos docentes da instituição e de parceiros; assim como, possibilitar o intercâmbio com outros pesquisadores em universidades no Pará, no Brasil e no exterior, com intuito de contribuir com as análises sobre a dinâmica territorial do desenvolvimento, questões referentes ao meio ambiente amazônico e a gestão territorial urbana e rural na Região Amazônia, produzindo reflexões que possam contribuir com o avanço do conhecimento dentro das ciências humanas, especialmente da Geografia, e outras áreas do conhecimento.

Comentários
0 comentários