Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
Educação da mulher
a perpetuação da injustiça
Categorias
Ciências Humanas E Sociais, Desenvolvimento Humano, Filosofia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 11866 vezes desde 11/02/2012
Versão
impressa
R$ 36,01
Valor total:
R$ 36,01
Versão
ebook
R$ 17,22
Disponível em:
PDF
Valor total:
R$ 36,01
Este ebook também pode estar à venda na:
Sinopse

A literatura sobre a questão da educação da mulher é limitada e quase sempre tratada sob o aspecto do tratamento recebido na escola. Essas abordagens passam por índices de frequência ou matrícula, exigências de cumprimento de grades curriculares ou diferenciações de tratamento do menino para a menina, por parte da própria escola ou dos professores.

O autor deste trabalho vai além. Procura pensar a educação da mulher não só sob o aspecto escolar, como também no seio familiar e na sociedade de uma forma geral. Procura também perceber as consequências da atuação destes segmentos na personalidade feminina e os resultados disso causados na dinâmica social dos seres humanos.

A situação da mulher na sociedade não é cômoda. Vítima de violências e pressões morais a mulher, em última instância, é a responsável pela educação tanto de futuros homens e futuras mulheres. Estará, então, a mulher (a mãe, a avó, a tia ou a professora) produzindo seu próprio algoz?

Essa é a questão central deste trabalho com vistas a uma sociedade mais justa. A relação de gênero na sociedade está vinculada ao processo de formação destes seres humanos. Mudando-se a forma de se educar estes seres, muda-se também a sociedade. Sintetizando poderíamos dizer que a mulher não nasce para ser vitimizada e o homem não nasce para ser machista. Tudo se resume ao processo de educação de todos.

Características
Número de páginas 163
Edição 1 (2012)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
José Luiz de Paiva Bello

Nasceu na cidade do Rio de Janeiro, onde vive até hoje. Formou-se em Pedagogia pela Universidade Santa Úrsula. Trabalha em Educação desde 1972 quando fez um curso sobre Educação Montessoriana na Organização Brasileira de Atividades Pedagógicas. Começou sua vida profissional como professor de classe de uma turma de crianças de 2 a 3 anos e meio, no Colégio Constructor Sui, de orientação montessoriana. É provável que tenha sido o primeiro homem no Brasil a trabalhar como professor na Educação Infantil no ano de 1972. Após trabalhar em outras escolas montessorianas, abriu a sua própria, em sociedade com um colega, que teve o nome de Ogá Mitá, casa da criança em linguagem indígena tupi-guarani. Insatisfeito com os rumos da escola foi trabalhar na Fundação Nacional do Bem-Estar do Menor - FUNABEM. Lá trabalhou como Supervisor de Projetos e depois com meninos e meninas que perambulavam pelas ruas da cidade do Rio de Janeiro em busca da sua sobrevivência. Depois, esteve envolvido com educação rural numa Secretaria de Estado e daí, juntamente com uma colega pedagoga, iniciou a abertura do Instituto de Pedagogia e Psicologia Genética - IPPG, que não vingou devido a grave crise financeira da época e os planos de governo para solucioná-la. Foi aprovado por duas vezes no concurso de seleção para o Mestrado em Educação do Instituto de Estudos Avançados em Educação da Fundação Getúlio Vargas, não podendo concluí-los por questões profissionais. É Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação do Centro Pedagógico, da Universidade Federal do Espírito Santo, tendo apresentado a Dissertação de Mestrado “Lauro de Oliveira Lima: um educador brasileiro”. Foi professor da Faculdade de Economia de Vitória, mantida pela Campanha Nacional de Escolas da Comunidade - CNEC, na cidade de Vitória. Em Vila Velha, dirigiu, em caráter de intervenção, a Escola João dos Santos Neves, também da rede CNEC. Foi também professor substituto do Centro Pedagógico, da Universidade Federal do Espírito Santo, lotado na Coordenação Universitária Norte do Espírito Santo, nas cidades de São Mateus e Nova Venécia. Foi professor substituto da Faculdade de Educação, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, por dois semestres. Foi também professor da Universidade Católica de Petrópolis e da Universidade Santa Úrsula, além de professor da Universidade Veiga de Almeida, na cidade do Rio de Janeiro. Mantém e coordena o site Pedagogia em Foco desde 1998. É escritor, autor de quinze livros e artigos em seu site.

Pedagogia em Foco: www.pedagogiaemfoco.pro.br

Comentários
0 comentários