Geografia do Crime: Estudo de Caso em Boa Vista (RR)

Por Simone Arruda do Carmo

Código do livro: 683813

Categorias

Geografia E Historia, Direito, Ciências Humanas E Sociais

Compartilhe este livro
Esta página foi vista 123 vezes desde 31/05/2024
Versão
impressa
R$ 66,80
Coloração
Valor total:
R$ 66,80
Versão
ebook
R$ 38,31
Leia em Pensática
Valor total:
R$ 66,80

Este livro pode estar à venda na:

Este ebook também pode estar à venda na:

Sinopse

A geografia do crime no município de Boa Vista (RR) é analisada na presente pesquisa tendo como foco a difusão socioespacial das Organizações Criminosas no território urbano e no estudo de caso do residencial Vila Jardim, localizado no bairro Cidade Satélite, no período de 2015 a 2023.

O problema que o estudo pretende responder parte do seguinte questionamento: como se caracteriza a atuação das Organizações Criminosas em Boa Vista e no Conjunto Habitacional Vila Jardim? O objetivo geral deste livro é analisar a criminalidade organizada e sua territorialidade em Boa Vista/RR, bem como caracterizar a atuação da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) nos condomínios verticais do Residencial Vila Jardim.

O recorte metodológico da pesquisa se fundamenta no uso do método dedutivo, caracterizando-se por uma agenda exploratória, descritiva e explicativa quanto aos fins e de uma abordagem quali-quantitativa quanto aos meios. Por um lado, os procedimentos de coleta de dados partiram de uma revisão integrativa, uma revisão bibliográfica e documental e um estudo de caso com trabalho de campo. Por outro lado, os procedimentos de análise de dados se basearam no uso de hermenêutica geográfica e jurídica, análise gráfica, esquemática, iconográfica e geoespacial.

Os resultados apreendidos na pesquisa demonstram que:

1. A geografia urbana do crime organizado em Boa Vista tem uma evolução institucional desde os primeiros grupos de jovens infratores (galeras) até se chegar à maturação dentro do sistema prisional com as organizações criminosas nacionais, Primeiro Comando da Capital (PCC) e Comando Vermelho (CV) e a adesão de grupos venezuelanos, Tren de Aragua e Tren Guayana.

2. Na expansão territorial, as lideranças do PCC se utilizaram de uma janela de oportunidades gerada pela gentrificação de uma área marginalizada e dominada pelo tráfico de drogas na zona central-sul, conhecida como Beiral, o que impulsionou o seu deslocamento para a Zona Oeste do município, em especial para o Residencial Vila Jardim, o qual se tornou em quartel general da facção e centro de distribuição do tráfico de drogas.

Conclui-se com base nos resultados apresentados ao longo desta obra que o poder público gerou vetores para adaptação socioespacial do crime organizado no território urbano de Boa Vista, repercutindo assim na própria complexificação territorial da criminalidade no tecido urbano.

Características

ISBN 9786585212861
Número de páginas 209
Edição 1 (2024)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Tipo de papel Couche 150g
Idioma Português

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Simone Arruda do Carmo

As publicações da editora IOLE têm o intuito de trazerem contribuições para o avanço da reflexão e da práxis em diferentes áreas do pensamento e para a consolidação de uma comunidade de autores comprometida com a pluralidade do pensamento e com uma crescente institucionalização dos debates.

Coleção Comunicação & Políticas Públicas: http://livros.ioles.com.br

Editora IOLE: http://editora.ioles.com.br

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários