Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
GESTÃO DO TERRITÓRIO E IMPACTOS SÓCIO-AMBIENTAIS NA AMAZÔNIA PARAENSE
Categorias
Pesquisa, Geografia Humana, Demografia, Geografia E Historia, Desenvolvimento Humano, Ciências Humanas E Sociais
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 757 vezes desde 22/10/2018
Versão
impressa
R$ 44,84
Coloração
Valor total:
R$ 44,84
Valor total:
R$ 44,84
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

Discutir a gestão de políticas públicas e o uso dos recursos naturais implica identificar estes recursos, seu potencial e diversidade, bem como considerar a racionalidade do processo de apropriação que estes recursos estão submetidos, suas condições de acesso e controle por parte da sociedade. A utilização dos recursos naturais pelo homem vem se demonstrando como uma forma irracional, pois o manejo negativo é notado em todas as áreas que não se propõem à preservação e/ou conservação de tais recursos. Os desafios e possibilidades de um uso sustentável dos recursos naturais devem se constituir numa reflexão permanente, que oriente a implementação das políticas públicas, mas também atenda aos anseios e reivindicações da sociedade local, bem como das populações tradicionais envolvidas.

No que se refere a região amazônica, padrões exógenos foram implantados na região com intuito de uma “integração” às outras regiões do Brasil, a exemplo desta afirmação nota-se a implantação de “grandes empreendimentos” industriais - com ênfase em geração de energia hidroelétrica e projetos mínero-metalúrgicos, e direcionados ao agronegócio. Na maioria das vezes, sem consulta pública, estes empreendimentos são implantados na região amazônica com apoio direto do Governo, porém, torna-se questionável se estes projetos trouxeram/trazem o tão esperado desenvolvimento com sustentabilidade para os habitantes locais, sejam do meio urbano, quanto do meio rural.

O sentimento de querer contribuir, não apenas de construção à geografia amazônida, mas também com o incremento da produção científica na Geografia nacional tornou este trabalho ainda mais prazeroso. A expectativa é de que os capítulos sejam lidos e debatidos em outros programas – e em outros espaços fora das universidades, como forma de reconhecimento de que a produção sobre a Amazônia, produzida NA Amazônia, deve ser considerada por todos aqueles que desejam entender essa importante região, que é palco de disputas territoriais e interesses diversos.

Características
ISBN 9788563117458
Número de páginas 338
Edição 1 (2018)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
Joandreson Barra Lima & Angela Kaori Sakaguchi (Organizadores)

A editora do Grupo Acadêmico Produção do Território e Meio Ambiente na Amazônia (GAPTA-UFPA), vinculada à Universidade Federal do Pará, tem como objetivo difundir a produção geográfica de alunos da graduação, da pós-graduação (alunos do curso de Mestrado em Geografia da UFPA e outras áreas afins), e dos docentes da instituição e de parceiros; assim como, possibilitar o intercâmbio com outros pesquisadores em universidades no Pará, no Brasil e no exterior, com intuito de contribuir com as análises sobre a dinâmica territorial do desenvolvimento, questões referentes ao meio ambiente amazônico e a gestão territorial urbana e rural na Região Amazônia, produzindo reflexões que possam contribuir com o avanço do conhecimento dentro das ciências humanas, especialmente da Geografia, e outras áreas do conhecimento.

Mais publicações desse autor
Ver a lista completa
Comentários
0 comentários