O Tribunal de Contas e a Educação Municipal
Reflexões sobre o documento Avaliação da eficiência e eficácia da rede municipal de ensino fundamental de Porto Alegre do TCE/RS
Código do livro: 352156
Categorias
Administração, Ciência Política, Ciências Humanas E Sociais, Estado, Província & Governo Local, Política Pública, Relacionamento Público & Administração
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 230 vezes desde 24/12/2020
Versão
impressa
R$ 43,41
Valor total:
R$ 43,41
Valor total:
R$ 43,41
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

Como os Tribunais de Contas podem contribuir para a educação? E como seus conselheiros, munidos das melhores intenções, acabam por ampliar os problemas de professores, estudantes e comunidade escolar? Eis as questões centrais que “O Tribunal de Contas e a Educação Municipal” apresenta ao leitor.

Oriunda da análise do documento “Avaliação da eficiência e da eficácia da Rede Municipal de Ensino Fundamental de Porto Alegre” produzido pelo Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul em 2016, este estudo aponta para o redirecionamento dos objetivos e funções desta instituição na atualidade: para o autor, o órgão está passando por uma transformação de seus objetivos, que deixam de ser fiscalizatórios para se transformar em agente de políticas públicas. Estudo essencial para compreender o funcionamento dos Tribunais de Contas na era do espetáculo político, a obra revela os dissensos entre conselheiros, auditores, professores, secretários de educação e pesquisadores acadêmicos.

O estudo revela a adoção, pelos auditores do TCE/RS, dos mesmos princípios gerencialistas que guiaram as reformas administrativas no Brasil desde os anos 90 e que são criticados por estudos acadêmicos e universitários. Inspirados em autores como Pascal Bruckner, Diane Ravich e Pierre Bourdieu, o trabalho sugere que mesmo imerso em tabelas e estatísticas, mas sem uma visão ampliada da educação que dê conta da realidade, o estudo do TCE/RS termina por agir no sentido contrário dos objetivos de seus autores, contribuindo para aprofundar a crise da educação municipal pela distância que estabelece entre os objetivos que propõe ao sistema de ensino e a realidade.

Características
ISBN 978-65-001-4988-3
Número de páginas 200
Edição 2 (2020)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Polen

Tem algo a reclamar sobre este livro? Envie um email para atendimento@clubedeautores.com.br

Fale com o autor
Jorge Barcellos

Historiador, Mestre e Doutor em Educação pela UFRGS. Publicou "Educação e Poder Legislativo" (Aedos Editora, 2014), "O Tribunal de Contas e a Educação Municipal" (Editora Fi, 2017) e "A impossibilidade do real: introdução ao pensamento de Jean Baudrillard" (Editora Homo Plásticus, 2018). Pelo Clube dos Autores publicou "Tempos de Pandemia" e "Saber e Moralidade". É coordenador de Cursos da Escola do Legislativo Julieta Battistioli da Câmara Municipal de Porto Alegre onde é responsável pela linha de pesquisa Educação para Democracia. É colaborador dos jornais Sul21, Le Monde Diplomatique Brasil, Jornal do Brasil, Folha de São Paulo e do Jornal O Estado de Direito.

Blog Bebee: https://www.bebee.com/@jorge-barcellos

Blog Medium Pensamento Contemporaneo : jorgebarcellos.medium.com

Blog Pensamento Contemporaneo Blogspot: http://filosofiafrancesacontemporanea.blogspot.com/?m=1

Pensamento Contemporaneo: https://aviao.lamula.pe/2016/12/18/a-acumulacao-por-espoliacao-por-jorge-barcellos/jorgebarcellos/

Site do Professor Jorge Barcellos: jorgebarcellos.pro.br

Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 41,69
Ebook
R$ 19,80
Impresso
R$ 39,58
Ebook
R$ 14,85
Impresso
R$ 33,64
Ebook
R$ 17,65
Impresso
R$ 37,56
Impresso
R$ 36,49
Impresso
R$ 35,79
Ebook
R$ 14,85
Comentários

Faça o login deixe o seu comentário sobre o livro.

0 comentários