VÉU DE BRISAS
Poesia
Categorias
Ficção, Literatura Nacional, Poesia, Fantasia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 666 vezes desde 04/09/2016
Versão
impressa
R$ 38,24
Valor total:
R$ 38,24
Valor total:
R$ 38,24
Sinopse

Pense num carro vermelho e o trânsito se encherá deles. A verdade é puramente no que se acredita; no que se está atento à memória. Somos felizes por um fio, tristes também por um nada. O trabalho talvez nos garanta alguma calma; no roldão de tanta chatice às vezes damos conta de verdadeiros demônios. Infelizmente o poeta não faz assim tanta distinção, tudo o atormenta na mesma força. A sua cabeça, a inquieta oficina do diabo. Eu só faço parecer mais bonita a minha paranoia, o meu trabalho é enlouquecer com certo grau de lucidez, eu faça a revista nos anjos, pague propina aos amaldiçoados. Minto sem nenhum remorso por que sei que assim evito terríveis catástrofes. Vou com Deus iluminando existências sombrias, dejetos humanos desolados, manhãs guardadas em porões. A poesia seja como o milho, a farinha de trigo, uma supercola; a rainha de vergonhosas gambiarras, mas alguma coisa que forre o estômago; um frio na barriga: sempre o desejo, nunca a fome.

Características
Número de páginas 178
Edição 1 (2016)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
André Alvim Resende

André Alvim Resende nasceu em Brasília no dia 7 de Abril de 1971. Em Agosto de 1984 mudou-se de Brumado na Ba para Pouso Alegre MG. Lá estudou no colégio São José que anualmente promovia concursos literários, o que despertou o seu gosto pela escrita e ele começou a escrever os seus primeiros versos. Em 1989 mudou-se para Belo Horizonte, onde na PUC-MG formou-se em Psicologia em 1994. André é especialista na área de RH, mora atualmente em Uberlândia MG, e nunca deixou de se dedicar à poesia. Possui diversos livros publicados no clube de autores www.clubedeautores.com.br . As suas influências seguem pelo caminho seguro dos nossos grandes nomes da poesia como Drummond, Vinícius, Manuel Bandeira, Cruz e Souza, João Cabral de Melo Neto, como também o chileno Pablo Neruda. Ademais, entra toda a riqueza da MPB que cotidianamente e como expressão maior da nossa cultura, tem forte reflexo na sua escrita, como Gil, Caetano, Chico, Tom Jobim, e os grandes nome da atualidade, como Lenine, Zeca Baleiro, Otto e muitos mais.

Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Impresso
R$ 34,40
Ebook
R$ 13,51
Impresso
R$ 39,33
Impresso
R$ 36,75
Ebook
R$ 15,07
Impresso
R$ 38,67
Impresso
R$ 49,68
Impresso
R$ 36,10
Comentários
0 comentários