Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
OS HOMENS QUE AS MULHERES INTELIGENTES SE CASAM
Categorias
Ciências Humanas E Sociais, Família E Relacionamentos, Amor E Romance, Não Ficção
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 29894 vezes desde 17/03/2014
Versão
impressa
R$ 47,07
Valor total:
R$ 47,07
Valor total:
R$ 47,07
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

Qual será a chamada “idade da razão e/ou da inteligência” da mulher pós-moderna?

Ou seja, qual será a idade e/ou o momento em que elas, essas mulheres pós-modernas, já cansadas de procurarem os tais dos ditos “príncipes encantados” (descobrindo-se, após essas frustradas buscas, estarem tristes, infelizes e/ou amarguradas, por somente terem sido usadas por muitos canalhas), decidem, então, racionalmente, mudarem os seus valores e/ou as suas formas de encararem suas vidas afetivas, ou seja, de buscarem se relacionar com os ditos “diferentes”, com os homens “ditos fora dos padrões” e/ou fora dos padrões estéticos ditatoriais de “príncipes ditos encantados?”

Muitos dizem que essa “idade da razão da mulher se dá por volta dos trinta, ou seja, no período, pós-juventude, em que ela, obedecendo às pressões sociais, temendo “ficar para titia”, abre mão dos seus ideais de “príncipes” e se casa com os ditos “sapos”.

Sendo assim, aqui nesse livro, intitulado “os homens que as Mulheres inteligentes se casam”, não estaremos tratando somente desses aspectos que envolvem a tomada de atitudes racionais pela mulher em relação a sua vida afetiva, ocasionada esta pelo simples aumento da sua idade cronológica.

Esperamos, assim, que essa obra, como tantas outras do autor, possa também contribuir, de alguma forma, à formação de uma geração mais humana, respeitosa das suas diferenças e, na mesma via, mais questionadora e também construtora dos seus próprios valores.

Características
ISBN 9781497323131
Número de páginas 131
Edição 1 (2014)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
CLEBERSON EDUARDO DA COSTA

Cleberson Eduardo da Costa (mais de 100 livros publicados, muitos deles traduzidos para outros idiomas), natural do Rio de Janeiro, é Graduado pela (UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro/1995-1998), Pós-graduado em educação (UCAM – Universidade Candido Mendes), Pós-graduando em Filosofia e Direitos Humanos (UCAM – Universidade Candido Mendes), Mestre e Doutor (livre) em Filosofia do conhecimento (epistemologia) e Pedagofilosofia Clínica (FUNCEC - pesquisa, ensino e extensão), Pesquisador, Professor universitário, Especialista em metodologia do ensino superior, Licenciado em Fundamentos, Sociologia, Psicologia e Filosofia da educação, Didática, EJA (educação de Jovens e adultos) etc.

Além disso, foi aluno Especial do Mestrado em Educação (1999-2001/PROPED/UERJ), matriculado, após aprovação em concurso, nas disciplinas [seminários de pesquisa] “ESTATUTO FILOSÓFICO” (ministrado e coordenado pela professora Drª Lilian do Valle); e “POLÍTICAS EDUCACIONAIS NO BRASIL E NA AMÉRICA LATINA” (ministrado e coordenado pelo professor Dr. Pablo Gentili).

Estudou também no curso de MBA em Gestão Empresarial pela FUNCEFET/RJ/Região dos Lagos (2003-2005); no curso de Pós-Graduação em Administração e Planejamento da Educação pela UERJ (1999-2000); e realizou vários cursos livres e/ou de aperfeiçoamento nas áreas da filosofia e da psicanálise por instituições diversas, entre elas a FGV (Fundação Getúlio Vargas) e a SBPI (sociedade brasileira de psicanálise integrada).

De 1998 a 2008, atuou como professor de ensino superior (Instituto Superior de Educação da UCAM/universidade Cândido Mendes) nos campus universitários de Niterói, Nova Friburgo, Araruama, Rio de Janeiro, Teresópolis, Rio das Ostras, etc.

Participou (em sua trajetória profissional e/ou intelectual acadêmica) de diversas pesquisas, como, por exemplo, o projeto UERJ-DEGASE, relativo à (EJA) e também em pesquisas centradas em problemáticas políticas, filosóficas e pedagógicas com professores renomados, como Pablo Gentili (UERJ/CLACSO), Cleonice Puggian (UNIGRANRIO), Carla Imenes (UEPG), Cristiane silva Albuquerque (UERJ), Marco Antonio Marinho dos Santos (OCA/RJ) entre muitos outros.

Atualmente dedica-se à docência universitária; a pesquisas em educação; a consultorias relativas à educação, no sentido do aprimoramento, da superação e do desenvolvimento humano; à realização de palestras acadêmicas e multiorganizacionais e à produção de obras nos mais diversos campos do saber.

[email protected]

Comentários
3 comentários
Cleberson
Terça | 03.06.2014 às 19h06
A supressão da preposição "com", que por sinal é perfeitamente usual dentro da norma culta, foi intencionalmente feita visando-se dar uma maior coloquialidade a frase.
C. Tavares
Segunda | 17.03.2014 às 23h03
Recomendo ao autor a mudança do título para: "Os Homens com quem as mulheres inteligentes se casam", em concordância com as normas cultas da língua. O verbo casar-se necessariamente deve vir acompanhado da preposição com.
Tavares
Segunda | 17.03.2014 às 23h03
Recomendo ao autor a mudança do título para: "Os Homens com que as mulheres inteligentes se casam", em conformidade com as normas cultas da língua. O verbo casar-se deverá necessariamente vir acompanhado da preposição com.