Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.
ACEITO
PÉROLAS DE NIETZSCHE
Categorias
Ocidental, Epistemologia, Filosofia, Ciências Humanas E Sociais, Educação
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 29200 vezes desde 17/09/2012
Versão
impressa
R$ 48,26
Valor total:
R$ 48,26
Valor total:
R$ 48,26
Este livro pode estar à venda na:
Sinopse

Não teremos aqui a pretensão de elucidar e nem tampouco querer explicar Nietzsche, uma vez que, pensamos que, o mesmo, por tão complexo e hermético que é, não pode ser traduzido. Pensamos mais: que todo aquele que tem a pretensão de querer traduzir Nietzsche corre também o risco de traí-lo.

Objetiva-se aqui, sendo assim, apenas fomentar o diálogo e a problematização acerca de questões que, a nosso entender, têm sido mal colocadas e/ou desvirtuadas por parte de alguns pensadores pós-modernos a respeito dos principais axiomas de Nietzsche.

Nietzsche, embora não saibam muitos, por exemplo, critica a moral judaico-cristã, e também os auspícios da ciência no que se refere à busca desta pela verdade, todavia sua crítica em nenhum momento o coloca na condição daquele que faz apologia às imoralidades, às libertinagens e/ou a criação de novos dogmas para serem postos também como ditas novas verdades.

Nas unidades I e II, à luz das fundamentações sociológicas de Durkheim, Max Weber e outros, pautando-se também nas visões críticas de Nietzsche sobre os trágicos processos de castração de subjetividades transcendentes, iniciados na era moderna, ao erigir-se esta em contraposição à moral de tradição judaico-cristã, colocando-se, todavia, em seu lugar, tragicamente, também os agora novos dogmas das ciências, discorreremos sobre as proposições relativas às ditas necessárias, por Nietzsche, existência das “três transmutações do espírito”, numa espécie de caminho redentor contra os dogmas tanto de essência judaico-cristã quanto científicos.

Na unidade III, apresentaremos alguns dos principais axiomas de Nietzsche, confrontando-os e alocando-os às novas exigências de inteligibilidade, lógica e/ou coerência contemporânea.

Na unidade IV, que é a do epílogo, apresentaremos uma seleção minuciosa dos principais axiomas Nietzsche.

O autor

Características
ISBN 978-1479338696
Número de páginas 160
Edição 1 (2012)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
CLEBERSON EDUARDO DA COSTA

Cleberson Eduardo da Costa (mais de 100 livros publicados, muitos deles traduzidos para outros idiomas), natural do Rio de Janeiro, é Graduado pela (UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro/1995-1998), Pós-graduado em educação (UCAM – Universidade Candido Mendes), Pós-graduando em Filosofia e Direitos Humanos (UCAM – Universidade Candido Mendes), Mestre e Doutor (livre) em Filosofia do conhecimento (epistemologia) e Pedagofilosofia Clínica (FUNCEC - pesquisa, ensino e extensão), Pesquisador, Professor universitário, Especialista em metodologia do ensino superior, Licenciado em Fundamentos, Sociologia, Psicologia e Filosofia da educação, Didática, EJA (educação de Jovens e adultos) etc.

Além disso, foi aluno Especial do Mestrado em Educação (1999-2001/PROPED/UERJ), matriculado, após aprovação em concurso, nas disciplinas [seminários de pesquisa] “ESTATUTO FILOSÓFICO” (ministrado e coordenado pela professora Drª Lilian do Valle); e “POLÍTICAS EDUCACIONAIS NO BRASIL E NA AMÉRICA LATINA” (ministrado e coordenado pelo professor Dr. Pablo Gentili).

Estudou também no curso de MBA em Gestão Empresarial pela FUNCEFET/RJ/Região dos Lagos (2003-2005); no curso de Pós-Graduação em Administração e Planejamento da Educação pela UERJ (1999-2000); e realizou vários cursos livres e/ou de aperfeiçoamento nas áreas da filosofia e da psicanálise por instituições diversas, entre elas a FGV (Fundação Getúlio Vargas) e a SBPI (sociedade brasileira de psicanálise integrada).

De 1998 a 2008, atuou como professor de ensino superior (Instituto Superior de Educação da UCAM/universidade Cândido Mendes) nos campus universitários de Niterói, Nova Friburgo, Araruama, Rio de Janeiro, Teresópolis, Rio das Ostras, etc.

Participou (em sua trajetória profissional e/ou intelectual acadêmica) de diversas pesquisas, como, por exemplo, o projeto UERJ-DEGASE, relativo à (EJA) e também em pesquisas centradas em problemáticas políticas, filosóficas e pedagógicas com professores renomados, como Pablo Gentili (UERJ/CLACSO), Cleonice Puggian (UNIGRANRIO), Carla Imenes (UEPG), Cristiane silva Albuquerque (UERJ), Marco Antonio Marinho dos Santos (OCA/RJ) entre muitos outros.

Atualmente dedica-se à docência universitária; a pesquisas em educação; a consultorias relativas à educação, no sentido do aprimoramento, da superação e do desenvolvimento humano; à realização de palestras acadêmicas e multiorganizacionais e à produção de obras nos mais diversos campos do saber.

[email protected]

Comentários
0 comentários