Depois de Tudo
Poesia Reunida
Categorias
Poesia
Compartilhe este livro
Esta página foi vista 2456 vezes desde 26/07/2013
Versão
impressa
R$ 45,09
Valor total:
R$ 45,09
Valor total:
R$ 45,09
Sinopse

Pela lógica, na minha cabeça, ninguém recomeça nada. A gente pode quando muito, tomar um outro rumo. O ponto que se deixou, o mato já tomou... Ou alguém mais esperto foi lá e pegou pra si. Se tudo passou, é porque não há mais nada! Sim, já não me resta motivo nenhum; alguma face para me espelhar, tudo é agora e imediatamente! A frase se abre como numa prerrogativa instantânea, sem rascunho! Às vezes uma funilaria gramatical, uma micro pintura ortográfica... Bom ou ruim, tanto faz! Frear é impossível: ou segura no braço ou pula pra fora, pois o que há dos dois lados é precipício! Enfim, a morte não impressiona mais, seja algum desterro moral, seja mesmo a consumação da vida. Depois de tudo, real e imaginário dançam um tango no seu estômago, ou brincam de policia e ladrão com o seu pulmão! O Facebook não é tão emblemático quanto algum surto psicográfico! Os fantasmas se vestem de luz ou carne de acordo com a sua natureza astral. Cazuza, Vinícius, Manuel Bandeira, Neruda, ... Ava Gardner, Marilyn, Elizabeth Taylor... A Sereníssima Grace Kelly... E as meninas da Vila; estas “Gloriosas Mulheres”, uma outra e aquela outra também, que o bom senso aconselha manter no anonimato... Paixões mal administradas, flertes que não deram em nada, ou que não dei em nada, também... A Solidão pasma, eu com as minhas conversas com Maria, e os encontros de mentira com Caetano e Gilberto Gil, como se a minha casa fosse ilustríssima... “Depois de Tudo”, ainda!

A minha produção mais recente e nem por isso a minha mais recomendável. “Depois de Tudo” já demarca um outro ritmo de trabalho. Composto pelos escritos de janeiro a julho de 2013, tem um temperamento ainda tenso, brincado com a morte tentando distorcê-la, mas também tem um aspecto saudosista, ou mesmo reconciliador, com a minha inserção no Facebook, reencontrando antigos amigos e expondo melhor o meu trabalho. Trata-se do marco zero. O ponto, em que quero colocar pra mim, da decisão do qual será o meu rumo como escritor e a orientação que terá a minha escrita.

Características
Número de páginas 344
Edição 1 (2013)
Formato A5 (148x210)
Acabamento Brochura c/ orelha
Coloração Preto e branco
Tipo de papel Offset 75g
Fale com o autor
André Alvim Resende

André Alvim Resende nasceu em Brasília no dia 7 de Abril de 1971. Em Agosto de 1984 mudou-se de Brumado na Ba para Pouso Alegre MG. Lá estudou no colégio São José que anualmente promovia concursos literários, o que despertou o seu gosto pela escrita e ele começou a escrever os seus primeiros versos. Em 1989 mudou-se para Belo Horizonte, onde na PUC-MG formou-se em Psicologia em 1994. André é especialista na área de RH, mora atualmente em Uberlândia MG, e nunca deixou de se dedicar à poesia. Possui diversos livros publicados no clube de autores www.clubedeautores.com.br . As suas influências seguem pelo caminho seguro dos nossos grandes nomes da poesia como Drummond, Vinícius, Manuel Bandeira, Cruz e Souza, João Cabral de Melo Neto, como também o chileno Pablo Neruda. Ademais, entra toda a riqueza da MPB que cotidianamente e como expressão maior da nossa cultura, tem forte reflexo na sua escrita, como Gil, Caetano, Chico, Tom Jobim, e os grandes nome da atualidade, como Lenine, Zeca Baleiro, Otto e muitos mais.

Publicações relacionadas
Ver a lista completa
Comentários
0 comentários